Skip to content

A ler – Torture, American Style

2005/02/11

No NYT, Bob Herbert dá conta da odisseia de um canadiano de origem síria, Maher Arar, que, no regresso de uma viagem de férias familiares à Tunísia, e enquanto se encontrava no aeroporto Kennedy em Nova Iorque a mudar de avião para seguir para o Canadá, foi detido pelas autoridades americanas, algemado de braços e pernas, e metido num avião executivo.
Como diz Herbert, "In an instant, Mr. Arar was swept into an increasingly common nightmare, courtesy of the United States of America. The plane that took off with him from Kennedy "flew to Washington, continued to Portland, Maine, stopped in Rome, Italy, then landed in Amman, Jordan."

O destino de Arar era a sua Síria natal, onde foi torturado e, apesar de uma confissão arrancada pela força, as próprias autoridades sírias o vieram a libertar, por não terem encontrado quaisquer indícios de ligações a grupos terroristas.

O artigo de Herbert baseia-se noutro, de Jane Mayer, saído na The New Yorker. O seu título é "Outsourcing Torture."

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: