Skip to content

106095391462437658

2003/08/15

O quisto e a crista

Paulo Portas o ministro vivao que Duro Barroso tem que aturar com vista a manter a coligao governamental PSD/PPD/CDS/PP.
Como ministro da Defesa, em frente aos militares e nas paradas, parece um galo de crista levantada e peito empinado, dir-se-ia que para intimidar o inimigo e sempre pronto a receber todas as medalhas por valentia e herosmo. Na prtica, tutelando uma instituio onde se exige a estabilidade, semeia a instabilidade por todos os lados, j tendo derrubado em menos de um ano dois chefes militares (dos nossos, no do inimigo), e metendo cunhas para a nomeao do responsvel pela aquisio de armamento.

Mrio Soares referiu-se-lhe como “um quisto que necessita de ser extirpado”, traduzindo assim metaforicamente o que muita gente pensa (incluindo dentro da coligao e do prprio CDS). Mas um “chefe militar” no anda sozinho, e Portas tem a sua escolta (muitos chamam-lhe a sua corte, ou simplesmente “os garotos”) bem montada. E logo essa corte saiu a terreiro em defesa do chefe, criticando a deselegncia (outro diria a “falta de gentlemenship”) e mostrando-se escandalizada (no me refiro a Helena Sacadura Cabral, que tem uma boa desculpa). No Expresso, Jos Antnio Lima lembrou-nos os eptetos com que Paulo Portas mimoseou a multido que atacou quando no Independente disparava sobre tudo o que se movia: para Leonor Beleza “a dignidade tinha dias”, e “passou a ser detestvel”, Pacheco Pereira tem “o carcter sinistro dos pidezinhos amanuenses”, Cavaco Silva “hipcrita”, devia haver “quem mandasse criaturas da estirpe de Nogueira e Mendes de volta para as cavernas”, Marcelo Rebelo de Sousa era “diablico”, Laborinho Lcio “cnico”, Miguel Cadilhe tinha “um torto e narcsico crebro” e Duro Barroso era um “mentirolas” e conhecido por “no ser dado sinceridade” (Santana Lopes escapou? como?).

Agora, com o regresso a Portugal dos restos mortais do tenente-coronel Maggiolo Gouveia, Portas sentiu de novo os arroubos da sua veia jornalstica, alcandorando o militar portugus, que aderira UDT (o partido timorense que em 11 de Agosto de 1975 deu um golpe e encorajou a invaso indonsia ) e que na confuso subsequente foi fusilado pela Fretilin, a nada menos que heri da luta anti-comunista, e lanando a suspeio sobre as foras portuguesas comandadas pelo general Lemos Pires.

O ministro da Defesa no se poupa a esforos para, se no por feitos, se distinguir por ditos, por mais ridculos ou exagerados que possam ser.
O que se passou em Timor em 1975 foi uma tragdia, que deu lugar a uma tragdia ainda maior durante os vinte e cinco anos subsequentes. Todos os intervenientes, portugueses e timorenses, cometeram erros, e na guerra civil e contra o invasor indonsio cometeram-se certamente muitos excessos. Timor hoje est independente e a encetar a difcil aprendizagem da governao e da construo de um pas democrtico, em paralelo com a reconciliao de todos os timorenses (a Fretilin encabea o governo, e os antigos dirigentes das outras formaes, como a UDT, tm os seus partidos, so deputados ou encontram-se em cargos importantes. Sem esquecer o passado, mas com a conscincia de que constrr o futuro sempre mais difcil.

Acho bem que os restos mortais de portugueses que perderam a vida naqueles anos conturbados regressem a Portugal, com homenagens ou no (e a homehagem a Maggiolo Gouveia polmica em certos meios, por ter feito uma declarao em que abandonava o posto para que fora nomeado pelo governo portugus e a instituio a que pertencia), no me compete diz-lo. Mas tal no deveria constitur motivo para um ministro vivao se auto-promover e continuar a dar a impresso de que est a fazer algo de til.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: