Skip to content

Pergunta ao Primeiro-ministro de Portugal

2003/08/12

O senhor Primeiro-ministro afirmou ao povo portugus que lhe tinham sido apresentadas pelos governos dos Estados Unidos da Amrica e do Reino Unido provas inequvocas da posse pelo anterior regime iraquiano de armas de destruio macia, e de ligaes rede terrorista al Qaida, entre outros argumentos que justificariam a agresso militar desencadeada pelas foras armadas da coligao americano-britnica.
O senhor afirmou-o sem corar e sem que a voz lhe tremesse, assim como afirmou que a cimeira das Lajes seria a cimeira da paz, quando na realidade o seu resultado foi a apresentao de um ultimato ao Conselho de Segurana das Naes Unidas.

Como o senhor sabe, pelo menos atravs dos mais diversos rgos de informao, mas tambm atravs de declaraes dos responsveis americanos e britnicos, e aps mais de dois meses do derrube do regime de Saddam Hussein e de ocupao efectiva do Iraque, nenhuma prova dessas alegaes foi encontrada. Pelo contrrio, o que se encontrou foi um regime e umas foras armadas num estado de total fraqueza e inoperacionalidade, tal como j tinha sido previsto por diversos observadores independentes.

Como tambm no ignora, os governos americano e britnico vm-se agora confrontados com a obrigao de prestar contas das falsidades ento afirmadas s suas opinies pblicas e aos tribunais. Mais recentemente, soube-se que igualmente o governo espanhol foi acusado de ter pressionado as suas foras armadas para darem cobertura quelas alegaes.

Neste sentido, gostaria, enquanto simples cidado, que informasse a opinio pblica portuguesa, quais foram essas provas inequvocas que lhe foram apresentadas e porque que elas ainda no foram confirmadas no terreno, ou, em alternativa, se est disposto a apresentar desculpas por ter mentido aos cidados que o elegeram, mesmo alegando que o fez porque foi demasiado crdulo em relao aos nossos aliados, e baseado na premissa de que os governos de pases democrticos no mentem aos seus cidados e aos seus aliados.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: