Skip to content

Joo Pulido Valente

2003/08/6

S hoje soube da morte de Joo Pulido Valente, mdico, militante e depois dissidente do PCP, um dos fundadores da primeira organizao portuguesa das que se viriam depois a chamar marxistas-leninistas-maostas, o CMLP, Comit Marxista-Leninista Portugus, que depois do 25 de Abril desaguou no PCP(R) e na UDP.

Tendo cruzado os mesmos caminhos ideolgicos, e por muito afastado que hoje esteja da submisso a qualquer teoria e praxis sujeita a pseudo-determinismos histricos que justificam o caminho com a bondade do destino, mas continuando “crente” numa esquerda que lute e proponha respostas aos problemas que o mundo nos coloca, no resisto a citar a declarao ditada por JPV a uma amiga pouco antes de morrer, a ttulo de epitfio:

“Eu, Joo Pulido Valente, informo os meus Amigos que morri hoje, -/—/—, pela tardinha. Convivi com ideias, mulheres, tabaco e lcool. Contra cadeia, sflis, cancro e ressacas. No estou arrependido. Julgo ter pago o preo justo por ter vivido. Quando eu morrer no quero choro nem velas, quero uma fita amarela, gravada com o nome dela: Liberdade.”

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: