Skip to content

Sob o signo do fogo

2003/08/5

Este blog iniciado numa altura trgica e confusa. Portugal tem sido assolado nestes ltimos dias por incndios florestais de uma magnitude e consequncias que mesmo os mais velhos no recordam.

A combinao de temperaturas muito elevadas e de humidades baixssimas adicionou-se ao desleixo na limpeza das matas, ao inexistente ordenamento do territrio, aos cortes oramentais cegos que deixam as matas sem fiscalizao e os bombeiros sem meios em terra e no ar e a pirmanos organizados ou no.

Como resultado, florestas inteiras (lembram-se do “petrleo Verde” de h uns anos atrs?) desaparecem, populaes ficam na misria (na melhor das hipteses, pois na pior tiveram que lutar pela vida), reservas biolgicas que constituiam uma riqueza do pas em risco de extino, tudo aquilo que, comodamente sentados em frente televiso, pudemos observar.

No, a natureza no sempre nossa amiga. Nem inimiga. Mas em qualquer dos casos temos que saber lidar com ela. Pode-nos proporcionar beleza e diversidade, pode-nos proporcionar riqueza, mas esses dois valores tm que estar em equilbrio.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: